Escolha uma Página
Técnica FIFO de organização

Técnica FIFO de organização

Na última sexta-feira eu combinei um jantar com meus amigos aqui em casa, pensei em fazer uma sopa bem famosa da Russia, pois sabia que alguns dos vegetais que iria usar, eu já tinha na geladeira.

Como tenho pouco tempo livre, eu comprei os ingredientes que faltavam e alguns a mais para ter em estoque, e deixei na minha geladeira.
No dia do jantar, eu peguei algumas beterrabas e também algumas cenouras que estavam na geladeira e preparei a sopa.
O resultado foi ótimo! Todos amaram a sopa!
Ontem quando eu abri a geladeira, vi os vegetais que haviam sobrado e resolvi fazer esse vídeo com uma técnica que uso para manter meus alimentos sempre fresquinhos e gostosos.
Afinal, quem gosta de ter que jogar alimentos fora? Ninguém né? E gostamos ainda menos de ter uma geladeira com mal cheiro!
Hoje você vai aprender a técnica FIFO, que eu sempre usei para organizar meus alimentos.
Use os ensinamentos desse vídeo bacanão todos os dias da sua vida, e você nunca mais desperdiçará nenhuma comida.

Eu acredito que a qualidade da sua alimentação vai melhorar muito com essa técnica!

Se você quer mais dicas de gastronomia clica AQUI

Um super beijo

Manu

7 dicas de sobrevivência- NO AEROPORTO!

7 dicas de sobrevivência- NO AEROPORTO!

Vai ir viajar?

Com certeza a melhor forma de conhecer novas culturas, aromas e sabores é viajando! E todo mundo que viaja tem que passar pela mesma coisa:

Horas de espera no aeroporto!

Quem viaja bastante sabe como é ruim ficar esperando por horas e horas e o pior sem nada para fazer!

Se você está planejando uma viagem, saiba que você também terá muitas horas de ócio esperando em aeroportos. Pensando nisso,  fiz uma lista com 7 dicas para você poder aproveitar cada segundo desse tempo no aeroporto.

Depois de ler essa lista, tenho certeza que você vai me agradecer, pois eu acredito que esse tempo no aeroporto pode ser um belo começo de uma viagem:

1- Esse eu aprendi com uma super amiga minha da Russia, a Masha! Logo que você pisar em um aeroporto, procure a primeira loja que venda bebidas e compre logo uma mini garrafa de vinho ou espumante. Abra ali mesmo e comece a sua viagem brindando!

2- Antes de começar a sua peregrinação pelo aeroporto, busque um carrinho amplo para colocar suas coisas e não precisar ficar carregando peso, o que vai te deixar incrivelmente mau humorado!

3- Faça o famoso tour de bares: Como assim? Isso mesmo! Sabe o tour de bares que você já está se preparando para fazer no local de destino? Comece ele pelos bares do aeroporto! Vá em cada um e peça uma cerveja e um petisco local! Nada melhor que começar desfrutando da gastronomia local (mesmo que seja o aeroporto da sua cidade!)

4- Já aproveitou da gastronomia, agora você pode ir tranquilamente para os free shops para ver o que tem de interessante para olhar, porque comprar, só na volta né? Minha super dica é ir cheirando todos os perfumes, provando todos os óculos e conversando com os atendentes da MAC e finalmente vendo o quanto são caros os vinhos no free shop! Só aí, você vai matar umas duas horas! Acredite!

Essa é minha mãe, e ela adora olhar as lojas de roupas também

5- Cansou de bater perna? Procure uma ala perto de onde seu vôo sairá, que de preferência não tenha ninguém e use quantos acentos quiser para deitar confortavelmente. Descanse com suas malas bem perto de você, e com seus pertences valiosos onde ninguém poderá passar a mão.

6- Após esse tempo de cochilo, você acordou e viu que ainda restam 3 horas para o vôo. Essa é a hora que você vai ter que procurar um aparelho daqueles de massagem que funciona com moedinha e passar uns 15 minutos meditando e se imaginando no local de destino!

7- Ainda faltam 2:45 né? Aff que tortura! Agora é a hora que você vai até a banca mais próxima e compra a revista de fofocas mais absurda da loja! Você vai ver que nem vai conseguir ter lido tudo até a hora de embarcar, porque são tantas barbaridades, que você vai se pegar googleando cada notícia para saber se é verdade

E uma boa viagem!

Beijos,

Manu :*

Circuito enogastronômico| Vinhos da Argentina

Circuito enogastronômico| Vinhos da Argentina

Ooooooi,

Essa semana fui convidada para fazer parte de um evento muito bacana que acontecerá na Serra Gaúcha no dia 5 de Maio de 2017, o Circuito enogastronômico da loja de vinhos Boccati. O evento é muito bacana, sei porque já participei da primeira edição e adorei!

Nessa edição, o evento será todo temático da Argentina. Serão servidos pratos típicos e muito vinho de todas as regiões desse país. Para quem gosta de uma boa harmonização, esse é o lugar!

Eu fiquei com a mesa exclusiva dos vinhos Pinot Noir! Estou muito contente pois essa é uma das minhas uvas favoritas, e vai ser muito gostoso poder provar muitos rótulos da Argentina e ver o que eles estão produzindo por lá!

Fiz um vídeo com o Jylson, sommelier da Boccati, para contarmos detalhes sobre esse evento, espero que você goste 😉

Confere aí :

Um beijo,

Tchau, tchau!

Conheça as 7 melhores comidas do Uruguai

Conheça as 7 melhores comidas do Uruguai

Sabia que por lá a comida é incrível?
Faz 15 anos que não visitava esse país vizinho, porém nunca parei de ouvir o quanto a gastronomia local é rica, e a carne é incrível, e o doce de leite cremoso, enfim, que por lá se come absurdamente bem!
Foi então que decidi ir para Punta del Diablo, uma praia pequena e aconchegante do Uruguai, para um super tour gastronômico nessa páscoa!

A proposta era simples:
4 dias de imersão na gastronomia local, aprendendo sobre seus aromas e sabores, que foi desde aprender a fazer um assado perfeito na parrilla ( chapa de ferro para churrasco uruguaio) até fazer um tour de restaurantes pelas praias locais como La Paloma e La Pedrera.
Amo muito aprender sobre gastronomia mundial, e acredito que quanto mais soubermos da gastronomia de outros países, mais podemos brincar com os sabores e aromas da nossa própria cozinha!

Agora, divido aqui com você, as 7 melhores comidas que provei no Uruguai:

#1 Helado de dulce de leche- Sim, sorvete de doce de leite. Não era apenas um sorvete, era uma pasta densa, mescalada de creme de doce de leite com doce de leite fresco. Um pecado, uma maravilha!

#2 Chivito- Podemos chamar de xis aqui no Sul ou lanche em SP, mas o chivito não se parece nada com o nosso lanche brasileiro. Ao invés de levar um hambúrguer fino e condimentado, o chivito leva carne, mais precisamente a minha carne favorita: o entrecot! Imagine o sabor!

#3 Pancho- Cachorro quente uruguaio, porém servido com um pão fininho e comprido, com uma salsicha extra grande e uma fatia de queijo derretido por cima. Você pode até dizer que isso é um cachorro quente normal, mas para mim é uma deliciosa mistura de sabores. E ainda lembra aqueles cachorros quentes americanos que vemos nos filmes sabe?

#4 Corvina Negra- Um peixe incrivelmente saboroso, com espinhos grandes. Assada na parrilla, tenra, absurdamente defumada e acompanhada com purê de bananas assadas e batatas. Um peixe memorável para a Sexta-feira Santa!              

#5 Milanesa- Sim, é uma carne extremamente macia, empanada e frita, servida com batatas fritas e limão siciliano. Não existe erro. Onde for, vai ser gostoso. Impossível ir ao Uruguai e não cair na tentação desse prato!

#6 Ovelha na Parrilla- Defumada, assada na medida certa, macia e com um toque do chef incrível: gotas de limão siciliano! Como resistir? A gordura da ovelha sendo quebrada pela acidez do limão. Uma junção perfeita.

#7 Bocadito- Um bolinho com base de biscoito, recheado de doce de leite com cobertura de chocolate branco ou preto. Macio, dá vontade de comer pelo menos uma caixa em cada sentada. Definitivamente uma das melhores sobremesas embaladas do mundo! Não querendo exagerar…
E claro, tudo isso regado com muito vinho da melhor qualidade! No Uruguai a uva mais emblemática é o Tannat! Então, quando você passar a fronteira e entrar no freeshop, não se esqueça de comprar algumas garrafas desse vinho e desfrutar de uma gastronomia sem igual.

Quer aprender mais sobre gastronomia mundial? Clique aqui e saiba mais!

Um beijo
Manu Oltramari

Como levar vinhos em viagens

Como levar vinhos em viagens

Por muitas vezes a gente vai viajar e encontra aquele vinho espetacular por um preço bemmmmm camarada!

Aí começa o cerebro trabalhar: será que levo na mão, será que coloco na mala? Mas e se quebrar?

No avião, liberam a entrada e uma garrafa?

Nesse episódio eu mostro como você pode levar os seus vinhos em viagens tranquilamente

Inscreva-se e receba dicas semanais.

Pin It on Pinterest